VEM PRO GOOGLE

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

terça-feira, 27 de agosto de 2013

TJSP ASSINA TERMO DE ADESÃO AO PROGRAMA ‘MULHER, VIVER SEM VIOLÊNCIA’


O presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Ivan Sartori, assinou hoje (26) o termo de adesão ao programa 'Mulher, Viver sem Violência', do governo federal, que tem por objetivo integrar os serviços públicos de atenção às mulheres em situação de violência, proporcionando-lhes atendimento humanizado e completo no acesso à Lei Maria da Penha.
        
A parceria inclui a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), ministra Eleonora Menicucci; o governo do Estado representado pelo
governador Geraldo Alckmin; o município de São Paulo por meio do prefeito Fernando Haddad; o Ministério Público pelo procurador-geral de Justiça Márcio Fernando Elias Rosa; e Defensoria Pública, na figura da defensora pública-geral de São Paulo, Daniela Cembranelli.
        A solenidade, que lotou o espaço Adoniran Barbosa do Centro Cultural São Paulo, contou com as presenças de mulheres que fizeram e fazem história na luta pelo estabelecimento de ações em prol das mulheres, que visam o combate à violência doméstica, social e/ou sexual. Entre as participantes estavam as integrantes da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Poder Judiciário do Estado de São Paulo (Comesp), desembargadora Angélica de Maria Mello de Almeida (coordenadora) e as juízas Maria Domitila Prado Manssur Domingos Elaine Cristina Monteiro Cavalcante.        A mesa condutora dos trabalhos foi composta pela secretária municipal de Políticas para as Mulheres, Denise Motta Dau; secretária da Justiça e Defesa da Cidadania Eloisa de Sousa Arruda; defensora pública-geral Daniela Sollberger Cembranelli; procurador-geral de Justiça Márcio Elias Rosa; prefeito Fernando Haddad; ministra-chefe da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres Eleonora Menicucci, o governador Geraldo Alckmin e o presidente do TJSP Ivan Sartori.        A tônica das manifestações foi a conjunção de esforços para que as leis protetivas às mulheres e a assistência às que necessitam possam funcionar. Segundo o presidente Ivan Sartori, “temos que combater seriamente esse flagelo que assola a mulher. O Tribunal está empenhado na contratação de psicólogas e assistentes sociais e instalação de varas específicas”. Para o presidente Sartori, “um dia a violência estará completamente debelada, mas é por aqui que temos que começar”.
        
A ministra Elenora Menicucci anunciou que a Casa da Mulher Brasileira, em São Paulo, será no Cambuci, com obra, equipamentos e mobiliário financiados pelo governo federal (R$ 4,3 milhões) em espaço com capacidade média para 200 atendimentos/dia. A Casa da Mulher Brasileira terá delegacia, juizado/vara especializada, ministério público, defensoria pública, abrigamento temporário, atendimento psicossocial, espaço de convivência para a mulher, sala de capacitação e orientação para trabalho, emprego e renda e brinquedoteca. 

        Comunicação Social TJSP – RS (texto) / AC (fotos)
        imprensatj@tjsp.jus.br
Seja leal. Respeite os direitos autorais: se reproduzir, cite a fonte.

Thanks for the comment. Feel free to comment, ask questions or criticize. A great day and a great week!
Comente, divulgue, assine. Será sempre bem recebido!
Conheça mais. Faça uma visita aos blogs disponíveis no perfil: artigos e anotações sobre questões de Direito, dúvidas sobre Português, poemas e crônicas ("causos"): https://plus.google.com/100044718118725455450/about.
Esteja à vontade para perguntar, comentar ou criticar.

Maria da Glória Perez Delgado Sanches
Membro Correspondente da ACLAC – Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências de Arraial do Cabo, RJ.
Postar um comentário

ITANHAÉM, MEU PARAÍSO

ITANHAÉM, MEU PARAÍSO
Viva seu sonho. A vida não espera.

Quem sou eu

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

Arquivo do blog